Lupa
share image

Quanto custa abrir uma empresa no Brasil?

Abrir uma Empresa

Autor: Marketing BHub

Publicado em 3 de março de 2022

Publicado em 3 de março de 2022

Está pensando em abrir um novo negócio? Na hora de tirar suas ideias de empreendedorismo do papel, uma das principais dúvidas pode ser quanto custa abrir uma empresa

O processo de abertura de um empreendimento exige alguns conhecimentos técnicos, pois envolve etapas muito importantes para o crescimento futuro da empresa. Por conta disso, essas questões burocráticas ainda são vistas como obstáculos por muitos empreendedores.

Entretanto, seguir o caminho certo evita dores de cabeça e surpresas desagradáveis. Para te ajudar, preparamos este artigo para você conseguir entender todo o processo e saber quanto custa abrir uma empresa hoje. Acompanhe! 

Primeiros passos para abrir uma empresa no Brasil

Antes de listarmos todos os custos envolvidos no processo de abertura de uma empresa, você deve compreender o que é necessário para não haver erros durante esse processo.

Primeiramente, é preciso escolher qual será a natureza jurídica, ou tipo societário, do seu negócio. Sua empresa será MEI, EI, sociedade simples ou limitada? Essa etapa é definida pelo formato de serviço, faturamento, número de sócios e outros aspectos pré-definidos pela legislação. 

Depois, é necessário definir o regime tributário: Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido. A partir dele, é estabelecida a cobrança de impostos de cada CNPJ e quais serão as atividades desenvolvidas.

Após isso, a empresa precisará de um contrato social, informando sobre o negócio e marcando sua existência jurídica.

Com o contrato em mãos, é hora de registrar o empreendimento na junta comercial ou cartório e solicitar o registro do CNPJ. Após essa etapa, você também deve fazer a inscrição municipal ou estadual, dependendo da atividade do seu ramo.

Por fim, você deverá concluir o licenciamento das atividades da sociedade. Importante ressaltar que algumas empresas precisarão solicitar licenciamentos específicos, como é o caso de segmentos com riscos ambientais ou trabalhistas.

Um homem branco, vestindo camiseta marrom e uma camisa social jeans por cima, segura um tablet com as duas mãos, enquanto olha ao redor do ambiente. Ele aparenta estar em uma sala ou escritório.
Planeje todos os passos antes de partir para a abertura da empresa.

O que é necessário para abrir uma empresa no Brasil?

Todas as etapas descritas acima envolvem custos e eles podem variar de acordo com cada empresa. No entanto, separamos uma média para você não ser pego de surpresa durante a construção do seu sonho. Confira: 

Taxas de abertura 

A primeira taxa a considerar é a de abertura do CNPJ. Esse custo varia conforme cada estado brasileiro. A DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) vai de R$ 150,00 a R$ 400,00. O certificado digital sai a partir de R$ 300,00.

Em alguns segmentos, pode existir o acréscimo das taxas de licenciamento, como vigilância sanitária, corpo de bombeiros, entre outros. 

Somados, os valores do registro da junta comercial, certificado digital e licenciamentos vão de R$ 500,00 a R$ 700,00. Eles são válidos para cada empreendimento registrado.

Capital Social 

É o valor de investimento inicialmente aportado na abertura da sociedade. Esse montante varia conforme as necessidades do seu negócio, podendo ser, por exemplo, R$ 1.000,00 ou R$ 100.000.000,00.

Os outros tipos societários não possuem valor mínimo e máximo de capital social. A única exceção é a EIRELI, que exige um capital social mínimo equivalente a 100 salários mínimos. 

Essa quantia é necessária para o início das atividades da empresa, garantindo um bom funcionamento até que o empreendimento comece a gerar lucro.

Interessante ressaltar que o capital social poderá ser composto por dinheiro em espécie ou bens materiais (imóveis, automóveis, etc.) e imateriais (marcas, patentes, etc.). O valor é investido pelo(s) sócio(s) e será representado por cotas ou ações, dependendo do tipo societário acordado.

Várias moedas sobre uma superfície branca, com uma planta florescendo do meio delas, simbolizando o dinheiro como raiz do crescimento.
O capital social age como uma garantia até que sua empresa se torne autossustentável.

Registro da marca

Para garantir os direitos de uso da sua marca, é importante registrá-la junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Esse processo garante o uso da marca pela sua empresa sem que outra companhia possa utilizá-la no mesmo segmento de mercado que você atua. Ou seja, a marca se torna exclusiva para você. 

Muitos empreendedores não consideram essa etapa importante logo no início do negócio, mas deveriam. Se outra pessoa registar o mesmo nome primeiro, sua empresa perde o direito de usá-lo. 

As taxas para entrada com o pedido de registro de marca variam entre R$ 142,00 e R$ 415,00. Já o certificado de registro, a partir da concessão, varia de R$ 298,00 a R$ 1.115,00.

Investimento inicial

Além dos custos com documentos e contratos, é preciso considerar os investimentos físicos para um novo negócio

Independentemente se será uma loja, uma indústria ou até mesmo um comércio online, muitos materiais serão necessários para a construção da empresa. Por esse motivo, custos como aluguel, infraestrutura básica, decoração, maquinários e muitos outros devem entrar no cálculo.

Junto a isso, entram os investimentos tecnológicos e em marketing. Considere os custos com a compra de softwares e veiculação de publicações pagas. Existem ainda ações para aumentar o tráfego e o que mais for necessário para os primeiros meses da sua empresa darem lucro.

Neste tópico em específico, a conta varia muito, pois depende do quanto você está apto e disposto a investir. O ideal é fazer um planejamento e uma pesquisa de orçamento com todos os itens da sua lista pré-operacional.

Três pessoas conversam e olham pela fachada de vidro de uma sala de escritórios vazia de um prédio. A imagem está em preto e branco.
O investimento inicial deve ser bem aplicado para trazer retornos rapidamente.

Salários e pró-labore

Esses custos são recorrentes e mensais, mas precisam ser considerados nos primeiros gastos da nova empresa. 

Se o seu negócio vai começar com funcionários, é importante definir desde já quais serão os tetos salariais e colocá-los em seu planejamento. Lembre-se que esses valores incidem nas taxas e impostos trabalhistas. 

O pró-labore é o valor da remuneração do dono da empresa ou dos sócios. Para definição desses custos iniciais, o ideal é contar com a ajuda de sistemas de gestão especializados e de profissionais capacitados. 

Tanto salário quanto pró-labore também variam muito conforme a empresa. O importante é conversar com especialistas, analisar o mercado e manter esses custos recorrentes em seu planejamento. 

Afinal, quanto custa abrir uma empresa no Brasil? 

Agora que já passamos por todos os custos e o que é necessário para abrir uma empresa, é hora de somar todos os valores. Apesar de não ser possível informar um montante exato, devido aos custos variáveis, é possível ter uma noção aproximada do quanto você vai desembolsar.

Valores

Vamos começar somando os custos de elaboração e registro de documentos fiscais, além de registro de marca. Com isso, chegamos a um valor entre R$ 940,00 e R$ 2.230,00.

Os valores do capital social e do investimento inicial variam conforme o segmento, a estrutura e a disposição da empresa. Em alguns casos, ambos podem ser a mesma coisa.

Por fim, os salários e pró-labores também são variáveis. Tudo vai depender do segmento de mercado e da definição junto ao departamento pessoal.

Somando tudo isso, chegaríamos a um total aproximado que começa em R$ 2.000,00 e vai até dezenas de milhões de reais. Esse valor depende das variáveis de cada negócio.

Uma pessoa segura um celular com a calculadora aberta. Ainda é possível ver uma pasta de arquivos com vários documentos.
Os custos variáveis precisam ser cuidadosamente calculados, para que caibam no orçamento.

Como calcular essas variáveis? E como cuidar de todos esses valores e burocracia? Na BHub, fazemos tudo isso para você!

Temos uma equipe de especialistas pronta para te ajudar e te guiar nesse momento! Eles cuidam da parte burocrática, enquanto você fica livre para tratar de outras questões.

Com o nosso plano Startup Pack, por exemplo, você dará os primeiros passos no ramo empresarial de forma certeira. Fazemos a elaboração do ato constitutivo e do DBE da Receita Federal, abertura de CNPJ na Junta Comercial e muito mais. Tudo isso feito da melhor maneira para o seu negócio!

Já com o Legal as a Service você pode elaborar atos societários e registrar marcas de forma prática e desburocratizada. Por um valor que cabe no seu bolso, você terá acesso a esses e diversos outros serviços e produtos!

Agora que você já tem uma ideia de quanto custa abrir uma empresa no Brasil, que tal ter um passo a passo bem detalhado para te ajudar nesse processo? Baixe agora o nosso e-book completo!

Posts Relacionados

Últimos posts

imagem de um banner

Economize tempo e dinheiro

Garanta a excelência de uma equipe especializada a um preço justo e acessível.

Falar com especialista