Lupa
share image

Branding não é para todos

Abrir uma Empresa

Autor: Marketing BHub

Publicado em 18 de maio de 2022

Publicado em 18 de maio de 2022

Muito se fala sobre branding de sucesso e muito se fala sobre a real eficácia de um trabalho de branding bem feito. Mas saber os efeitos reais de um investimento em branding para a sua marca pode ser decisivo para tomar a decisão certa sobre se você está pronto para isso.

Com certeza o sonho de várias empresas é ter um destaque midiático como consegue fazer Mc donalds, Starbucks, Amazon e tantas outras empresas gigantes. Mas o que pouca gente leva em consideração é o fato de que para se chegar lá vários processos devem estar bem amarrados, principalmente se levarmos em consideração que essas empresas chegaram em um patamar em que elas podem cometer alguns erros e alguns testes relativamente esquisitos, e que isso não será visto pelo mercado como algo que marcará para sempre a vida delas. Um bom exemplo disso, são os testes que a Apple faz removendo itens de seus aparelhos, forçando assim a venda de acessórios da marca e que hoje representam uma boa fatia do faturamento deles. Dito isso, a pergunta que fica é: o que isso tem a ver com o branding que estou aplicando na minha empresa?

Para responder essa pergunta eu vou ilustrar alguns temas simples mas que com certeza nunca são levados em consideração na hora de construir uma marca, por exemplo: sua empresa já responde os clientes de forma que eles não sejam detratores da sua marca? Você presta um serviço realmente capaz de ser replicado inúmeras vezes sem que ele sofra alterações? Você acredita que seu produto e seus funcionários estão alinhados com a cultura da empresa fortalecendo assim os valores que serão demonstrados pela identidade visual? Se sim, você está mais do que apto para se jogar no mundo da publicidade e começar a vender essa imagem sem medo nenhum. Agora se você não tem 100% de confiança nesses detalhes é melhor repensar um investimento em branding nesse momento. Vou explicar o porquê.

Branding faz com que mais do que nunca você seja lembrado, visto, recordado diante das pessoas, além disso, faz com que as pessoas que conheçam seu trabalho, quando de frente com uma campanha em alguma mídia comentem sobre ela com outras pessoas, e o boca a boca como sabemos faz muita diferença na recepção de novas marcas para as pessoas. Branding traz identidade, te coloca em uma pedestal de marcas parecidas e que acreditam no que você diz e propaga, Branding te posiciona para o mundo e conta para o mundo a forma que você o enxerga, é a externalização de valores para o mundo, e isso faz com que todos pensamos que trabalhar nisso a qualquer momento será um  universo de benefícios, mas se você inverter a lógica isso pode fazer você visualizar que também pode fazer muito mal a sua empresa. E eu que trabalho com branding e publicidade a anos posso dizer a vocês que sou super a favor de um trabalho de branding, aliás, dificilmente você encontrará uma pessoa da área que não queria uma oportunidade de trabalhar com isso, mas infelizmente em alguns casos, pode-se fazer muito a mal a sua empresa.

BWOMAN PVC BHUB

Repetindo exatamente a frase acima de forma negativa você consegue entender o poder do branding: “Branding faz com que você mais do que nunca seja lembrado, visto, recordado diante das pessoas” isso quer dizer que se você presta um serviço ruim ou se seu seu produto ainda não está onde deveria estar, as pessoas saberão disso e colocarão você em uma prateleira mental em que pensam: essa marca não é boa. As pessoas agora que você tem um branding forte, se lembrarão de você e conhecerão o sue trabalho e toda vez que virem seu anúncio comentaram com as pessoas a sua volta que a experiência que tiveram com a sua marca foi ruim, e isso criará cada vez mais e mais resistência das pessoas que poderiam se interessar por seu produto, ou talvez tornarem-se novos clientes por exemplo. O pedestal que você será inserido será o pedestal das marcas que são a segunda opção de compra, pois quando tiveram a oportunidade de te conhecer tiveram uma experiência negativa e agora elas sabem que não é tão bom assim, e o branding ser super bem feito,, forte e consistente gera duas coisas, a venda inicial (pois o impacto que vem através dele pode ser grande) e a não recompra (pois um branding forte marca a cabeça das pessoas e elas se lembraram de você)

Por esse motivo, quando lembramos de algumas marcas e escutamos falar delas orgulhosos de fazer parte daquele universo ou simplesmente de termos gostado muito de utilizar aqueles produtos, normalmente são marcas que trazem um conjunto da obra bom e de alta qualidade. Dificilmente falamos de marcas que fazem um ótimo trabalho de branding, mas que o restante seja fraco. Esse é um dos maiores gargalos das empresas de  hoje e por isso, muitas empresas não conseguem chegar no resultado esperado quando investem seu dinheiro em branding, e obviamente não chegam nem perto do trabalho que algumas dessas marcas que citei aqui fazem. 

O branding são os braços de uma empresa, não as pernas, Pois eles sozinhos não vão conseguir sustentar toda a estrutura do negócio (a não que você seja um estúdio de design) mas ele vai te fazer alcançar um patamar que só com bons produtos você não conseguiria, ele pode te ajudar a gerar valor de marca, a gerar desejo no que você já faz de bom, ele faz com que o valor percebido pelas pessoas aumente e com isso fazer com que elas gastem mais dinheiro, por aquele produto, ajuda a gerar experiência de compra e faz com que a pessoa ao abrir o que comprou fique impressionada com cada passo até realmente chegar no produto final e por isso Branding é um das áreas mais importantes de um negócio que querem dar o próximo passo. Ele serve para você chegar em um patamar que talvez você nunca fosse conseguir chegar, mas ele não é um deus da mitologia que com o simples fato de estar lá faz com que as pessoas fiquem cegas e acreditem em tudo mesmo que não recebam nada em troca. 

Pensando em futuro para o seu negócio, não deixe para pensar em branding no ultimo segundo, mas quando investir em branding, crie seus produtos em conjunto com as pessoas que fazem parte desse mundo, pois com certeza elas terão diversas ideias que agregaram valor ao que você vende (elas costumam prezar muito pela qualidade). E assim que tiver um produto e um serviço de qualidade, dê o próximo passo. E outra coisa muito importante, mantenha isso sempre funcionando e com a qualidade alta, pois conquistar o público, fazer esse se tornar seu entusiasta e depois de algum tempo, fazer ele quebrar a cara, é duas vezes pior do que começar mal enquanto ninguém ainda fala sobre você, mas isso é tema para um segundo artigo. 

Posts Relacionados

Últimos posts

imagem de um banner

Economize tempo e dinheiro

Garanta a excelência de uma equipe especializada a um preço justo e acessível.

Falar com especialista